Novidades

Por: comKids (Redator)

A série de ficção infantil brasileira Detetives do Prédio Azul (D.P.A), do canal Gloob, entrou na sétima temporada com renovação de protagonistas e novas dinâmicas de roteiro. A produção live-action, também exibida na TV Brasil e na TV Cultura, narra as aventuras de três crianças-detetives e suas famílias em um antigo prédio administrado por uma síndica meio bruxa e muito autoritária.

DPA_divulgacao1_2

Foto: D. P. A., divulgação / Gloob

O D.P.A marcou a estreia do Gloob em 2012 e hoje é a marca mais forte do canal, como conta Paula Taborda, gerente de programação. “Detetives do Prédio Azul nasceu junto com o Gloob. Foi a nossa primeira produção nacional e primeira transmissão do canal, assim que abrimos o sinal”, relembra.

Estar há tanto tempo no ar com protagonistas infantis cria um contratempo, o crescimento dos atores mirins, e por isso o elenco principal mudou a fim de manter a identificação com o público. A criadora da série Flávia Lins e Silva falou ao comKids sobre a mudança. “Como trata-se de um prédio, achamos que seria melhor receber novos moradores em vez de substituir os personagens tão amados. Eles são insubstituíveis! No lugar dos que partem, chegam famílias novas que prometem agitar o prédio azul”, conta.

As chegadas e partidas deram o tom do roteiro logo nos primeiros capítulos da nova temporada. Os personagens Tom (Caio Manhente) e Capim (Cauê Campos), que faziam parte da série desde o lançamento do D.P.A, se despedem nesta fase. Tom vai morar na Índia com a mãe e Capim vai jogar no São Paulo. Os novos detetives do prédio azul são Pippo (Pedro Henriques Motta) e Bento (Anderson Lima), que recompõem o trio com a veterana Mila (Letícia Pedro).

O elenco adulto também vai incorporar mais personagens e cenários e uma mudança estrutural de roteiro vai marcar este novo ciclo. ”A maior novidade é que o tempo da série aumentou de 13 para 22 minutos, com mais tempo para contar tramas e subtramas. Vamos ver o que os espectadores vão achar. Eu gostei muito de ter mais tempo para criar os mistérios. Espero que a garotada também curta”, diz a roteirista Flávia Lins e Silva.

A oitava temporada também já foi gravada e deve estrear ainda este ano. A série já conquistou dois prêmios Monet (2012 e 2014) e um Prêmio Telas. Em 2015 foi vista por mais de 22 milhões de pessoas na TV, segundo pesquisa Ibope*. No Now, plataforma de VOD da NET, foi o programa mais assistido da Globosat, com 12 milhões de videoviews**.

A série também rendeu produtos de licenciamento, de brinquedos a apps. Nas plataformas móveis do Gloob é o programa com o maior número de downloads de aplicativos (1,2 milhão de downloads no consolidado do ano). Ainda foram lançados quatro livros, kit de festa, cadernos escolares, jogos, DVD e álbum ilustrado temático.

O DPA foi finalista do Festival comKids Prix Jeunesse Iberoamericano 2015 na categoria ficção para até 6 anos.

*Fonte: Ibope MW PNT Completo (15 praças) – Tabela de Programação (todas exibições do programa) – 2015 (01/01/15 a 31/12/15) – Indivíduos c/ pay tv – Cov% / Base de Assinantes Anatel (Out/15) + Projeção 3,1 hab./dom. (PNAD 2012)

** (Net Serviços, jan/15 a nov/15)

7ª Temporada de Detetives do Prédio Azul
Direção: André Pellenz
Produção: Gloob e Conspiração Filmes
Horário principal: segunda a sexta, às 18h30 no Canal Gloob

Imagem do destaque: Detetives do Prédio Azul, divulgação.