Novidades

Por: comKids (Redator)

O Festival comKids Prix Jeunesse Iberoamericano 2015, que será aberto nesta segunda-feira, dia 17 de agosto, em São Paulo, terá uma exibição especial. O documentário “I am Leo”, da série My Life, da BBC, produzida com e para crianças, será apresentado na cerimônia, às 19 horas, no Goethe-Institut.

“I am Leo” conta a história de um adolescente transgênero, de 13 anos, do Reino Unido, como em um diário pessoal. A exibição é emblemática como abertura da programação que ao longo da semana vai promover, na capital paulista, mostras competitivas (produções audiovisuais e interativas), workshops e Conversas comKids sobre diversidade, narrativas e iniciativas na região.

“My Life” é uma experiência inspiradora para quem produz bons conteúdos para crianças e adolescentes. A série do CBBC, o canal infantil da britânica BBC, apresenta histórias de crianças ao redor do mundo em experiências de vida das mais diversas; do jovem imigrante da Romênia, às meninas em viagem com os pais para a Antártida ou às crianças de Kibera, a maior favela da África.

O poder criativo das produções, as novas formas de comunicação e cultura no contato com as novas gerações, novos desafios sobre a diversidade das infâncias e a inclusão do que é diferente serão temas recorrentes ao longo desta semana no festival 2015. Veja aqui toda a programação.

E como abordar temas que normalmente são interditados para criança? Sobre essa experiência, conversamos por email com Kez Margrie, produtora-executiva do CBBC.

Kez Margrie

Kez Margrie

comKids – “My Life” mostra histórias reais de crianças, contadas por elas mesmas. Qual o poder do documentário para o público infantil?

Kez Margrie – Estamos agora na sétima temporada de “My Life”. A primeira foi uma compilação de cinco episódios e a atual tem 15! A decisão de aumentar o número de episódios é a prova de que eles fazem bem para o nosso público. Crianças adoram ver na tela as histórias de outras crianças. Construir a narrativa com os comentários das crianças aproxima-os ainda mais. Participar de um documentário da série “My Life” tem surtido um efeito muito positivo para as crianças que são generosas o suficiente para deixar-nos segui-los com câmeras. Elas apreendem muito da experiência e até se tornam celebridades locais.

comKids – Imigração, pobreza, síndromes são alguns dos assuntos diversos abordados na série. Temas pouco usuais em produções para crianças.

Sim, nós cobrimos muitas questões nesta série, mas nós só aprovamos filmes que têm uma relevância para crianças no Reino Unido – e todas as questões que você mencionou realmente tocam a vida de muitas crianças. Mesmo em temas desafiadores, nós sempre encontramos o “ponto de contato” entre as crianças que assistem os documentários e aquelas apresentadas na história que está sendo contada.

comkids – Um dos documentários exibidos no canal infantil foi “I am Leo”. Como foi a reação do público à história do filme?

“I am Leo” fez parte da sexta temporada. Eu queria contar a história de uma criança trans já há algum tempo, mas tinha que ter certeza de que a criança que apresentássemos teria todo o apoio necessário. Somos muito cuidadosos sobre o nosso dever com as crianças que participam de nossas produções. Precisamos ter certeza de que a participação delas na série não terá efeito adverso sobre as suas vidas, sob qualquer enfoque. Nos asseguramos o apoio a elas.

Este episódio foi feito para nós pela Nine Lives Media (todos os Docs de “My Life” são feitos por produtoras independentes], que descobriu Leo quando ele já estava aos olhos do público e com vontade de contar sua história. Como você vai ver no filme, Leo é um rapaz confiante e muito simpático. Ele também é muito corajoso por contar uma história de diferença e se mostrar como é. Mas a história de Leo é tão universal quanto individual – toda criança sabe como é sentir-se diferente. Isto foi o que finalmente me convenceu de que esta seria uma boa história para contar – as crianças poderiam se conectar de diversas formas – e ela provou ser muito popular. Sim, nós também recebemos queixas dos adultos que não queriam que a gente exibisse esse episódio, muitos deles nem tinham assistido ainda. Mas nós também recebemos uma série de agradecimentos de jovens transgêneros e suas famílias que viram suas vidas refletidas. Isso me orgulha muito.

My life: I am Leo

My life: I am Leo