Novidades

Por: comKids (Redator)

A ANCINE vai realizar oficinas para interessados em submeter projetos à segunda edição dos editais da Linha de Produção de Conteúdos para TVs Públicas do Programa Brasil de Todas as Telas.

Pelo segundo ano consecutivo, a linha disponibiliza R$ 60 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual -FSA, para investimentos em obras destinadas ao campo público de televisão, nos segmentos de TV universitária, comunitária e educativa e cultural.

Com o objetivo de dar oportunidades para produção regional de conteúdos audiovisuais independentes, os editais são divididos pelas cinco regiões do País disponibilizando R$ 12 milhões para cada. Este ano o edital da Região Sudeste será fracionado entre RJ/SP e MG/ES, destinando metade do valor para cada parte. Compostos majoritariamente por obras seriadas, os cinco editais fomentarão a produção de 56 obras – 26 destinadas ao público adulto, 10 ao público jovem e 20 ao público infantil – totalizando mais de 200 horas de programação.

Conheça os editais de cada região:

Sul, Sudeste, Centro-oeste, Nordeste e Norte

A data-limite das inscrições é dia 31 de março de 2016, até às 18h.

Clique aqui para visualizar o documento que traz todas as informações concernentes ao processo de inscrição nas oficinas, que visam auxiliar os produtores e as empresas proponentes a fazer as suas inscrições na linha de produção de conteúdos.

As oficinas de formação de produtores serão oferecidas por produtores de reconhecida experiência no mercado, entre eles Adriana Oda e Reynaldo Marchesini, que irão oferecer a oficina de animação em São Paulo, e Guilherme Fiúza, que oferecerá a oficina de Ficção em Belo Horizonte.

Em 2015, a linha registrou número recorde de inscrições. Foram 768 inscritos, 593 habilitados, e após o fim da fase recursal, 369 indicados seguiram para a análise das comissões de seleção. Os investimentos dos cinco editais selecionaram 94 propostas audiovisuais brasileiras independentes, o que corresponde a cerca de 250 horas de programação.

Inscrições

Os interessados em participar das oficinas devem preencher formulário de inscrição online correspondente à sua região, apresentando proposta de projeto para a categoria da oficina que pretende cursar.  O candidato também deverá apresentar, no primeiro dia de aula, uma carta de intenção de uma empresa produtora brasileira independente com registro na ANCINE, comprometendo-se a inscrever o projeto nas chamadas públicas.

Cada uma das capitais das 27 unidades federativas brasileiras sediará três oficinas, uma para cada tipologia de projeto (ficção, animação e documentário), com carga horária de 20 horas. As oficinas tem limite de 30 vagas.

As formações têm início ainda em fevereiro e seguem até 10 dias antes do fim do período de inscrições nas cinco chamadas públicas regionais da Linha (31 de março).

Clique aqui para mais informações sobre as oficinas (a lista completa de locais, professores e datas de realização das oficinas em todo Brasil já estão disponíveis).

Foto de destaque: Vanessa Fort