Novidades

Por: comKids (Redator)

O comKids esteve em Munique e acompanhou de perto o Festival Prix Jeunesse Internacional de 2016. Mais de 500 profissionais do meio audiovisual, de mais de 60 países envolvidos em criação e produção infantil e juvenil, passaram dias reunidos na cidade alemã para conhecer novos programas inovadores e debater os grandes temas da área.

Knut Nashein, diretor da premiada série “Summer with Dad” (no original em noruguês “Sommeren med pappa”), vencedora do PJ Internacional em 2014, também participou do evento este ano e falou sobre seu trabalho à frente do programa produzido e exibido pela NRK, o canal público de TV da Noruega. Nashein, de 36 anos, tem formação em jornalismo e educação e trabalha com produção audiovisual há mais de 12 anos. Tivemos a oportunidade de conversar um pouco mais sobre o processo de criação e produção da série. Confira!

Summer with Dad, a série
A série de ficção “Summer with Dad” (“Verão com Papai”), dirigida a crianças entre 5 e 7 anos, faz parte de uma iniciativa já tradicional do canal NRK, que investe em produções de baixo custo e seleciona projetos de caráter experimental, exibidos semanalmente no horário das 6 da tarde. Com 8 episódios de 5 minutos de duração cada, a proposta desta série é trazer histórias para crianças com foco principal na relação de um menino de 6 anos com o seu pai, em situações pouco convencionais e inusitadas.
No episódio premiado, pai e filho saem em uma viagem de trailer e estacionam por alguns dias num camping no litoral, imersos juntos uma experiência única de convívio. Enquanto o pai surfista se afasta por alguns minutos do trailer, o garoto, encantado com uma máquina de aparar barba, resolve, por conta própria, fazer um corte de cabelo a sua moda. A atmosfera criada pela narrativa e cenas da história mostra de forma terna e delicada a amizade e as emoções entre os dois.

sommeren2

Sommeren med pappa. Imagem: Prix Jeunesse Internacional

Desafios
Knut Nashein nos contou dos desafios enfrentados durante a produção para conseguir chegar a alguns momentos bem especiais do filme, quando é possível sentir uma química quase mágica entre os atores. O próprio roteiro foi construído e pensado de forma a preparar um contexto para que a emoção pudesse aflorar na medida certa e as reações pudessem inspirar a força que se criou na relação pai e filho.
Pré-produção
Para dar autenticidade ao momento, o diretor se preparou bastante durante as fases de desenvolvimento e a pré-produção. Foram realizadas algumas atividades, workshops e conversas com os atores . “Gosto muito de trabalhar com crianças de 5 anos, são autênticas e espontâneas. Fizemos algumas preparações que foram fundamentais para o trabalho anterior à filmagem…. No set gosto de deixar muito clara a minha função de diretor. Este é o momento em que faço o meu papel. Horas antes de filmar não me relaciono com os atores e temos sempre um profissional para acompanhar o garoto fora do set….Acredito que a câmera é que deve se adaptar aos atores e a cena , gosto de captar da forma mais natural possível, sem muitas marcações.”

Lições do set
Knut Nashein conta que foram 18 dias de gravação para os 8 episódios, sendo que 5 deles perdidos em função de muita chuva. O orçamento foi de aproximadamente 150 mil euros para todos os 8 episódios (valores de equipamento nao estão contabilizados). A equipe foi bastante enxuta, com aproximadamente 6 pessoas no set de filmagem.

Knut Nashein disse que aprendeu algumas lições com a série e deixa a seguinte dica:
“Ouvir a equipe é sempre muito importante, pois abre a sua cabeça para muitas ideias, porém o mais importante é que você tenha um plano bem claro do que quer fazer e que o mantenha firme do começo ao fim do trabalho”.

sommeren3

Sommeren med pappa. Imagem: Prix Jeunesse Internacional

Imagem do destaque, Sommeren med pappa. Imagem: Prix Jeunesse Internacional